Duvida da luz dos astros, de que o sol tenha calor,
Duvida até da verdade, mas confia em meu amor...

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Desejos


















Teu cabelos cor de mel ..
Pretendo me perder ..
Tua boca com um véu..
Estigam o meu prazer..
O teu corpo violão..
Me induz a fazer..
Mil modinhas de amor...
Para humildemente oferecer..

Por Douglas Dourado

Amor sem dimensão


















Meu amor, meu bem querer..
Não sabes quanto penso em você..
Sinto-me extasiado de tanta paixão..
E aqui bate em prova de tamanha emoção..
Um gigante coração..
Coração este capaz de abrigar você..
Te acolher,te amar e por você....
Eternamente viver.

Por Douglas Dourado

Lágrimas












Ter o ar e não poder respirar..
Ver o mar e não poder me banhar..
Ter você e não poder te tocar..
É assim que vai ser..
Vou me acostumar..
Ou apenas tentar..
Esquecer os teus beijos..
E num mundo de lágrimas navegar..

Por Douglas Dourado

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Bateram na minha porta



















Quem imaginava que iria acontecer...
Algo tão reduzido, passara a crescer..
Sentimento lindo , difícil de acreditar...
A tantas circunstâncias que tentaram o evitar..
Agora este insiste em permanecer..
Irradiando a vida desse pobre ser...
Aquele que a vida toda esperou..
Que em algum momento até duvidou ...
De que em sua porta também iria chegar..
Uma linda moça prestes ao amar...

Por Douglas Dourado

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Beijo



















Me beijou tensamente..
Sem nem saber o porque
Me olhou atentamente..
Me perguntou o por que
Como criança carente ..
Ri a responder
Veio cuidar de mim..
Que precisa tanto de você!!

Por Douglas Dourado..

Semelhanças















Tá tudo tão perfeito..
Tenho medo de desandar..
Feito bolo desmedido..
que no final chega a solar..
É assim o nosso amor..
Lindo a florir..
Amor desmedido..
Será que tem o mesmo fim?

Por Douglas Dourado..

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Como explicar?















Em cada beijo um olhar
Em cada olhar um beijo
Já não se sabia mais quem era quem..
Naquele momento estavamos entregues
E seguiamos um paradoxo
Onde ...
As bocas se tocavam...
Os olhos sorriam...
As mãos se beijavam..
E os corações diziam..


Por Douglas Dourado..

Inesperado















Ao findar a noite decidiu-se por ir
Um corajoso escudeiro indo de encontro a ti
Perdido em um corredor infinitamente longo ..
Se encontrou nos seus braços..
Se confortou em seus lábios ..
E por um momento assim...
Mal podia acreditar ..
Que finalmente estava ali.


Por Douglas Dourado..

terça-feira, 21 de junho de 2011

Permites?
















Será?
Realmente posso acreditar?
Tem certeza disso?
Olhe lá ein..
Me permites?
Depois que eu me permitir te amar..
Não terá volta.
Nossos corações se entrelaçarão
Criando um único ser..
O amor

Por Douglas Dourado..

A procura de um sentido


















Mesma , mesmice, rotineira do cotidiano..
Tão repetitiva quanto essas palavras
Cade você?
Que tanto procuro..
Vem alegrar meu dia , minha vida
Faz o meu sorriso ser digno de um verdadeiro
Diante de um destino tão traiçoeiro.

Por Douglas Dourado..